Seja um Cooperado
Unindo-se a Serrana, você se torna dono! Os resultados obtidos pela cooperativa são repassados a você, que aproveita os benefícios dos nossos serviços.

De acordo com o Art. 29º - O ingresso nas cooperativas é livre a todos que desejarem utilizar os serviços prestados pela sociedade, desde que se liguem aos propósitos sociais e preencham as condições estabelecidas no estatuto, salvo o disposto no artigo 4º, item I, da Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971.

Numa cooperativa, tudo é dividido em partes iguais. Por ser sócio-cotista da Cooperativa, o Cooperado é como se fosse o administrador de seu próprio negócio. Ele passa a fazer parte de uma Sociedade cujo principal objetivo é a busca de trabalho para todos os seus associados. Existem outras vantagens:
Participação nos Lucros
Tem participação no lucro da cooperativa.

Planos de Saúde
Convênio com a Unimed Sul Capixaba, onde o cooperado pode possuir planos de saúde a baixo custo.
Oportunidade de Trabalho
Dispõe de várias oportunidades de trabalho nos contratos firmados pela Cooperativa da qual faz parte.
Benefício do INSS
Benefício do INSS (a cooperativa recolhe o INSS para o cooperado).
Produz e Recebe Equivalente
Produz e recebe equivalente ao trabalho executado.
Participação nas Votações
Tem direito a participar das votações nas assembléias.
Convênios com Postos
Possuímos bases de abastecimento Serrana, gerando uma economia de aproximadamente 12% para os cooperados.
O que é uma Cooperativa?

Uma Cooperativa visa melhorar a situação econômica dos seus colaboradores. Problemas e necessidades são trabalhados para que cooperados alcancem seus objetivos através de um contrato voluntário de cooperação.

Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer necessidades econômicas, sociais e culturais comuns a seus integrantes, e constitui-se numa “empresa” de propriedade coletiva, que é democraticamente gerida.”

Por se diferenciar economicamente, as cooperativas trabalham para oferecer ao mercado serviços mais vantajosos do que se seus clientes trabalhassem sozinhos. Sua finalidade é diferente de empresas e associações, pois todos os cooperados são proprietários da empresa e controlam a distribuição dos benefícios obtidos. “O cooperativismo é a união de pessoas voltadas para um objetivo comum, visando alcançar os objetivos propostos no seu estatuto.”

O artigo 3º. da Lei 5.764/71 traz claramente o objetivo essencial de uma Cooperativa, onde “celebram contrato de sociedade cooperativa as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir com bens ou serviços para o exercício de uma atividade econômica, de proveito comum, sem objetividade de lucro.” Ao associar-se a uma cooperativa, portanto, a pessoa deve saber que pode realizar seus objetivos, pelo menos, no mesmo nível em que realizaria sozinho.

As cooperativas de transporte
Criado em abril de 2002, esse ramo passou a reunir as cooperativas que atuam no transporte de passageiros, cargas (líquidas e secas), escolares, motos-boy e transporte de veículos.

Até o ano citado, essas cooperativas pertenciam ao ramo trabalho, mas a Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB, através de Assembléia Geral, criou o ramo dos transportes. São especiais por possuírem, no mínimo, 20 (vinte) pessoas físicas e, excepcionalmente, pessoas jurídicas. Caracterizam-se pela associação de pessoas que se organizam para satisfazer suas necessidades econômicas, sociais e culturais, mediante a cooperação mútua na execução dos negócios.

Valores Cooperativos
• Ajuda mutua: é o acionar de um grupo para a solução de problemas comuns.
• Esforço próprio: é a motivação, a força de vontade dos membros objetivando alcançar as metas previstas.
• Responsabilidade: Nível de desempenho no cumprimento das atividades para alcançar as metas, com um compromisso moral com os associados.
• Democracia: Tomada de decisões coletivas pelos associados no que se refere à gestão da cooperativa.
• Igualdade: Todos os associados têm iguais direitos e deveres.
• Equidade: Distribuição justa dos excedentes produzidos entre os membros da cooperativa. Isto quer dizer que as sobras são distribuidas de acordo com as operações de cada um.
• Solidariedade: Apoiar e cooperar na solução de problemas dos associados, da família e da comunidade. Também promove os valores éticos de honestidade, transparência, responsabilidade social e compromisso com os demais associados.

Documentos Necessários

O processo de cadastramento é o mesmo para todos os setores: O interessado em se tornar um cooperado deve atender ao que preconiza o Art. 5° do Estatuto Social 2014:

a) Preencher Proposta de Filiação fornecida pela Cooperativa;
b) Preencher Ficha de Matricula e Declaração de Opção;
I. O nome, a idade, estado civil, nacionalidade, profissão e residência do cooperado;
II. A data de sua admissão, e quando for o caso, de sua demissão, eliminação ou exclusão.
III. A conta corrente das respectivas quotas-partes do capital social;
c) Apresentar cópia dos seguintes documentos:


I. Se Pessoa Física:
a) 2 fotos 3 x 4 (iguais e recentes);
b) Cédula de Identidade (RG ou equivalente);
c) CPF;
d) Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
e) Comprovante de Residência ou Declaração de domicílio;
f) Comprovante de propriedade ou posse do veiculo.
II. Se Pessoa Jurídica:
a) Cartão de CNPJ e Numero da Inscrição Estadual e Municipal;
b) Contrato social e suas últimas alterações ou Estatuto social, Ata que elegeu a atual diretoria;
c) CPF, RG e comprovante de residência dos sócios ou diretores;
d) Comprovante de propriedade ou posse do veiculo;
e) A representação da pessoa jurídica junto á cooperativa se fará por meio de pessoa física especialmente designada para este fim, com direito ao voto.

Newsletter

Receba gratuitamente nossa newsletter com conteúdos exclusivos e fique por dentro de todas as nossas novidades!

Contato

+55 28 3517-4382

+55 28 99964-3342

+55 28 99913-4382

Rod. Engenheiro Fabiano Vivácqua, nº 2415
Monte Belo, Cachoeiro de Itapemirim, ES
CEP: 29313-223

faleconosco@serrana.coop.br

www.serrana.coop.br